Fatos aqui viram noticias

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

TARAUACÁ: Senador Petecão lança Marilete Vitorino pré-candidata a prefeita



O senador Sérgio Petecão (PSD) participou nesse final de semana do lançamento oficial da pré-candidatura da ex-prefeita Marilete Vitorino e dos 23 pré-candidatos a vereador pelo seu partido.

O encontro que reuniu mais de 400 pessoas foi a demonstração da força e organização do PSD na região que vem se destacando dos demais partidos de oposição.

O encontro reuniu militantes da sigla, dirigentes municipal, regional e contou também com os pré-candidatos a prefeito pelos demais partidos de oposição no município.

A pré-candidata, Marilete Vitorino disse que a presença do senador na região é sempre um momento de festa e agradecimento pelas emendas parlamentares que contribui com o desenvolvimento do município.

"O lançamento da minha pré-candidatura, juntamente com a apresentação dos pré-candidatos a vereador mostra um maior fortalecimento do PSD em Tarauacá. Mas isso não quer dizer que deixaremos de conversar com os demais partidos de oposição e seus pré-candidatos. Espero que a oposição tenha somente um candidato e que este nome sai dentro de um consenso", discursou Marilete.

Para o senador Petecão Marilete se mostra como a pré-candidata mais preparada para administrar o município, mas que fará diversas pesquisas como um acordo com os demais partidos de oposição para que o candidato com maior chances seja apoiado pelos demais.

"Esse encontro do PSD mostra a força do partido em torno da nossa pré-candidata a prefeita, e, por isso, tenho certeza que faremos uma grande aliança com os demais partidos de oposição para vencermos a eleição deste ano", disse Petecão.

O deputado estadual Jairo Carvalho representante da sigla na Assembleia Legislativa também esteve no evento e acrescentou dizendo que o PSD trabalha perto do povo..

"Nossa luta dentro do PSD é para garantir um partido forte e com bons representantes. Por isso, estamos empenhado em garantir que Marilete seja nossa pré-candidata a prefeita. Estaremos aqui para ajudar nesse desafio", finalizou Jairo.

DaAssessoria

Serviço emergencial do DNIT libera tráfego na BR-364 , mas estrada pode ser fechada a qualquer momento


Fechada durante todo o sábado devido a um atoleiro nas proximidades da rotatória de Manuel Urbano, o tráfego na BR-364 foi liberado após um trabalho emergencial feito pelo Departamento de Infra-estrutura de Transportes (DNIT) no trecho. Na cratera onde vários veículos ficaram atolados o órgão colocou carradas de pedras. Mas, a dificuldade de tráfego pela rodovia, entre Sena Madureira e Cruzeiro do Sul continua. Outros pontos de atoleiros dificultam o transporte pela rodovia. A previsão é de que com as chuvas a estrada feche a qualquer momento.

Outros dois trechos também estão em estado crítico, um na região do Jurupari e outro a 20 km de Feijó, informou Valdinei Azevedo, que trabalha como motorista de ônibus na rodovia.

Há dois meses, um trecho da rodovia, no km-05, saindo de Sena Madureira para Manuel Urbano, desmoronou. O Dnit fez um trabalho de reconstrução da pista para evitar o rompimento total da estrada.

Por Luciano Tavares
AC24Horas

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

DEPUTADO ESTADUAL JENILSON LEITE VISITA COMUNIDADES RURAIS DE FEIJÓ.


Durante oito dias o deputado estadual Jenilson Leite ( PCdoB) visitou vinte comunidades rurais de Feijó. O deputado foi vê de perto como vivem os ribeirinhos e indígenas às margens do rio Envira. A viagem faz parte de um cronograma do parlamentar de conhecer o cotidiano dos moradores das comunidades rurais do Estado. 

Jenilson Leite que viveu sua adolescência nos seringais sabe da importância de ouvir os reclames destes moradores para depois levá-los as reivindicações a mesa dos secretários de Estado e ao próprio governador Tião Viana. O deputado já havia visitado as comunidades rurais dos municípios de Tarauacá e Jordão. 

" É importante ouvir a população rural, conhecer como ela vive, e depois buscar meios junto ao governo para auxiliar essas pessoas", Enfatiza Jenilson Leite. 

Na comunidade Santa Rosa, alto rio Envira, Jenilson Leite conheceu um conterrâneo ( tarauacaense), seu Jackson Amâncio, um produtor rural que nasceu no seringal novo destino em Tarauacá , e agora mora no rio Envira. Seu Jackson falou bastante entusiasmado ao conhecer um deputado filho de Tarauacá nas margens do rio Envira. "Para mim é um grande prazer conhecê-lo, que Deus abençoe seus passos e volte outras vezes em nossa comunidade".

A viagem iniciou no dia 16, no porto da cidade, sendo concluída na terça-feira 23, ao retornarem ao local de partida. O deputado fará um pronunciamento na Aleac sobre a viagem e, posteriormente, levará as demandas das comunidades ao governo.

Por Leandro Matthaus Foto Jardy Lopes

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Brasil tem 1 prefeito retirado do cargo a cada 8 dias pela Justiça Eleitoral


O Brasil teve, desde as últimas eleições municipais, em 2012, 142 prefeitos cassados e retirados do cargo pela Justiça Eleitoral – uma média de um a cada oito dias. É o que revela um levantamento feito pelo G1 com base nos dados dos Tribunais Regionais Eleitorais dos 26 estados e do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Além disso, outros 99 também foram cassados, mas se mantêm no cargo com liminares e recursos, a poucos meses de um novo pleito, que ocorre em outubro deste ano.

O levantamento não leva em conta os prefeitos retirados do cargo pela Justiça comum ou pelas Câmaras municipais. Também não inclui os cassados em primeira instância que já conseguiram reverter a decisão em instância superior e não respondem mais a processo.

Motivos
A maioria dos prefeitos foi cassada em razão de captação ilícita de votos e abuso de poder econômico durante a campanha. Há também casos de conduta vedada pela legislação eleitoral. O dado de cassados no cargo e fora dele representa 4% do total de prefeitos eleitos em 2012 (5.568).

O cientista político Malco Camargos, da PUC Minas, diz que esse número tem aumentado eleição após eleição.

“Se por um lado as regras eleitorais têm ficado mais rígidas e as promotorias eleitorais mais atuantes, de outro há uma classe política que ainda não se acostumou a lidar com essa nova forma de atuação das instituições. Isso cria uma necessidade de regulação com o passar do tempo”, afirma.

“Um outro ponto importante é que hoje há uma maior possibilidade de registro de provas com os meios eletrônicos, de gravação. Fica mais fácil obter imagens que revelam práticas não permitidas nas eleições”, diz Camargos.

No levantamento do G1 há casos de prefeitos que passaram mais da metade do mandato cassados, porém mantidos no cargo por recursos judiciais. São Paulo, maior colégio eleitoral do país, possui três prefeitos nessa condição desde 2013.

Demora no julgamento
Para Camargos, a demora no julgamento pós-eleição é um dos principais problemas. "O sistema ainda não conseguiu se modernizar para dar conta da celeridade que o processo eleitoral exige", diz.

"Durante as eleições, até há uma rapidez. Durante o mandato, no entanto, a esfera de recursos é muito lenta, o que acaba gerando uma instabilidade.”

São Paulo e Minas Gerais lideram a lista de prefeitos cassados definitivamente: 19 cada um. Outros 13 prefeitos paulistas ainda governam tentando reverter a decisão; em Minas, 12 continuam no cargo à base de liminares e interposição de recursos.

Apenas Acre e Roraima não têm cidades com prefeitos cassados pela Justiça Eleitoral após a eleição de 2012.

Parte das cidades teve de realizar uma nova eleição após a cassação. A lei eleitoral diz que a eleição suplementar deve ocorrer caso o cassado tenha recebido mais de 50% dos votos válidos. Caso contrário, o segundo colocado assume automaticamente

Brigas em várias instâncias
O número de cassados nos TREs é bem superior ao dado final registrado pelo G1, porque o TSE tem revertido vários casos pelo país.

Em São Paulo, por exemplo, 19 políticos conseguiram mudar a decisão de primeira instância que cassava os mandatos.

Em alguns municípios, isso fez com que houvesse um troca-troca nas cadeiras, confundindo a população. Eleições chegaram a ser realizadas, mas os novos prefeitos eleitos ficaram apenas meses ou até dias no cargo, até que os cassados na primeira instância conseguissem reverter a sentença no tribunal superior.

Dois municípios representam bem essa situação. Em Goiás, a cidade de São Domingos teve dois prefeitos cassados em pouco mais de um ano. Oldemar de Almeida Pinto Filho (PMDB) foi eleito, mas acabou cassado por compra de votos e abuso de poder econômico. Uma nova eleição foi marcada e vencida, em 2013, por Etélia Vanja Gonçalves (PDT).

Mas a Justiça Eleitoral detectou captação ilícita de votos e recursos para a campanha durante a eleição suplementar, e ela também foi retirada do cargo. O presidente da Câmara assumiu, mas uma nova eleição ainda não foi realizada em razão de um recurso especial no TSE.

Marituba, no Pará, chegou a realizar, ao custo de R$ 170 mil, uma nova eleição que, no fim, acabou não valendo. Eleito em 2012, Mário Filho (PSD) teve a candidatura indeferida por ter a prestação de contas do pleito anterior rejeitada. O mesmo ocorreu com o segundo colocado e o terceiro não atingiu a quantidade suficiente de votos.

Assumiu a prefeitura, então, o presidente da Câmara Wildson de Araújo Melo (PRB), cassado depois pela Justiça Eleitoral por compra de votos.

Uma eleição suplementar, em 2013, foi vencida por Elivan Faustino (PMDB), vice na chapa de Mário Filho. Ele, no entanto, ocupou o cargo só por seis meses: em 2014, o TSE aceitou o recurso de Mário Filho e, enfim, o empossou prefeito.

Problemas
Para Malco Camargos, a discussão que se faz é “onde a política está agindo mais”. “Da mesma maneira que a ação contra políticos tem promovido algumas pessoas e em busca disso alguns juízes têm cometido excessos, de outro lado uma segunda instância que ainda depende da indicação da parte política pode estar sendo mais comedida em seus atos", afirma.

"Em outras palavras, tanto a primeira como a segunda instância têm problemas: a primeira de vaidade, e a segunda de dependência de questões políticas.”

Procurado, o TSE diz que tem como um dos seus pilares de atuação o respeito à razoável duração do processo.

"No entanto, cabe ressaltar que cada processo é único e demanda análise e julgamento em tempo e detalhamento específicos. Por esses motivos, não é possível priorizar a celeridade em detrimento da decisão mais correta possível e no devido processo legal para que se garantam a ampla defesa e a interposição dos recursos legalmente previstos", afirma o tribunal, em nota.

"O compromisso da atual gestão do tribunal é de priorizar o julgamento de processos que possam resultar na perda de mandato eletivo, de acordo com o Planejamento Estratégico TSE 2015-2020", completa o órgão.

Casos extras
Como o levantamento do G1 não inclui os cassados pela Justiça comum, estão fora da lista vários outros políticos que perderam o mandato pelo país. É o caso do prefeito de Mariana (MG) Celso Cota (PSDB).

Eleito em 2012, ele deixou o comando do Executivo meses antes da queda da barragem colocar o município sob o holofote nacional. Cota foi considerado ficha suja em razão de uma condenação por improbidade administrativa e acabou cassado pelo TJ-MG. Ao deixar o cargo, ele divulgou nota considerado o afastamento “uma grande injustiça”.

Um caso curioso também ocorreu em Teresópolis (RJ). O prefeito eleito Mário Tricano (PP) não foi diplomado porque estava inelegível até 2013 com base na Lei da Ficha Limpa.

O substituto, Arlei Rosa (PMDB), assumiu, mas foi cassado pela Câmara em 2014, acusado de má administração dos recursos do Tereprev (Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais). Ele deixou o cargo para o vice. Mas Tricano, que já havia cumprido a condenação, pleiteou o cargo e conseguiu no STF, assumindo só neste ano.

No Amazonas, há um outro caso emblemático de um prefeito que ainda não foi cassado, mas que está preso. Xinaik Medeiros (PTB), eleito em Iranduba, é acusado de um desvio de mais de R$ 56 milhões.

Ele já foi denunciado com outras 12 pessoas por participação em organização criminosa, crime de responsabilidade, fraudes em licitações e lavagem de dinheiro. Se for condenado por todos os crimes, pode pegar pena entre 19 e 55 anos de prisão. Ele está afastado temporariamente do cargo e pode ser cassado pela Câmara.

Helton Simões Gomes e Thiago ReisDo G1, em São Paulo

Em Cruzeiro do Sul, garota de 18 anos tenta matar ex-companheira a tiros e em seguida comete suicídio


As jovens Hanna Júlia Araújo de Oliveira e Itamila Moura de Souza, ambas de 18 anos, protagonizaram uma tragédia que ficará na memória da população de Cruzeiro do Sul, distante cerca de 600 km de Rio Branco, na região do Vale do Juruá. De acordo com informações da polícia, as jovens mantinham um relacionamento amoroso, mas que teria chegado ao fim por motivos de ciúmes.
De acordo com informações passadas para a polícia por amigos das jovens, na noite desta segunda-feira (22) as duas foram ao apartamento de um amigo conversar e analisar a possibilidade de reatar a relação. Uma delas, contudo, estava armada e não aceitou um “não” como resposta.
Segundo o policial civil Edson, testemunhas contaram ter ouvido discussão e em seguida disparos de arma de fogo, como mostra o vídeo feito por pessoas que estavam próximas à cena do crime.
Quando a polícia entrou no apartamento para averiguar o que teria acontecido, encontrou Itamira Moura morta com um tiro na boca e Hanna Júlia agonizando com um tiro na cabeça.
O Samu foi chamado e socorreu a jovem Hanna que foi conduzida ao Pronto Socorro daquela cidade, onde passou por cirurgia de emergência e segue internada.
A polícia ainda não tem certeza de quem teria cometido o homicídio e em seguida suicidou-se. As autoridades policiais preferem aguardar o laudo do Instituto Médico Legal (IML).
Embora a posição dos corpos, o local onde a pistola 380 foi encontrada, os ferimentos produzidos, supõem-se que Itamila tenha atirado na cabeça de Hanna e, em seguida, achando que a companheira estava morta, atirou na própria boca pondo fim a sua vida.
Nesta terça-feira (23), as autoridades policiais devem repassar mais informações sobre o caso. A cidade de Cruzeiro do Sul ficou em estado de choque já as jovens eram bem conhecidas e possuíam um círculo de amizade grande.
Nas redes sociais amigos em comum das jovens, colegas de escola, parentes lamentam o ocorrido. Hanna Júlia era neta de um empresário muito conhecido na região do Vale do Juruá.
fonte contilnetnoticias.com

Tião Viana anuncia que deixará a política; governo vai adotar expediente corrido de servidores contra crise econômica


O governador do Acre Tião Viana (PT), 55, anunciou em entrevista exclusiva ao primeiro programa “Café com Altino”, gravado na noite de sábado (20), que já decidiu abandonar a política após o término do segundo mandato. Assinalou que desiste da política não por decepção, mas por se considerar feliz pela contribuição que já deu e por entender que “é hora de fazer outras coisas bacanas por meus filhos e por minha esposa".

- Passei 24 anos transferindo os meus ideais às causas coletivas. Tenho um ponto de partida, um ponto de caminhada e um ponto de chegada. Acho que está na hora de eu parar na próxima estação, que é 2018, e descer desse trem - afirmou. 

Casado, pai de três filhos e avô há um ano, Tião Viana, é médico infectologista e ex-senador. Ele contou o drama de ter sobrevivido à paralisia infantil e meningite.

Viana pretende se dedicar à carreira acadêmica como professor da Universidade Federal do Acre, onde ingressou via concurso realizado quando exercia o segundo mandato de senador, o que lhe assegurou o direito de ser contratado e ficar sem lecionar até agora por causa da carreira política.

O governador avalia que alguém que entra na política com valores e coerência pode de repente “se tornar um bandido”. Segundo Viana, na política, atualmente, “um bandido, num segundo, pode se tornar um herói porque os valores estão perdidos”.

Encurralado pela crise econômica, o governador do Acre também antecipou com exclusividade que permitirá que os servidores públicos possam negociar com os seus superiores expediente corrido de 7 horas nas repartições públicas, excetuando as pastas de Saúde, Segurança e Educação.

Ao discorrer em defesa do expediente corrido como medida de redução de gastos, Tião Viana fez uma revelação na contramão da opinião da maioria da população que reclama da qualidade da água distribuída pelo Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa).

- Tem que mudar alguns hábitos. Por exemplo: por que tanta água mineral em tudo que é órgão? Na minha casa eu bebo água que não é mineral. Eu bebo água do Depasa. Tem o meu filtro lá, que passa por uma questão de segurança, que é alcalinizar. Por que um copo descartável? Na minha casa eu tenho o meu copo. No trabalho eu tenho o meu copo. Por que não pode cada um ter o seu e a gente estar economizando? Copo descartável vai ficar 500 anos no meio ambiente.

O governador tomou a iniciativa de abordar o caso de um bebê de quatro meses que morreu na semana passada na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do 2º Distrito, em Rio Branco, após uma nebulização. A família acusa que houve negligência e erro durante a administração de medicamento.

O caso foi revelado em reportagem da TV Acre, afiliada da Rede Globo, e repercutiu ainda mais nas redes sociais por causa do choro do apresentador no encerramento do telejornal. O governador criticou duramente a editoria da emissora, que teria ouvido mas deixou de publicar versão da Secretaria de Saúde se solidarizando com a família.

O governador disse que recebeu os pais do bebê em seu gabinete e que está sendo apurado se o médico estava ou não no trabalho. Segundo ele, não faltou nada do Estado para o atendimento.

- Eu não posso estar a favor do erro. A minha impressão hoje, daquele caso, que vai ter que ser apurado, é que, se aquele bebê tivesse ficado na casa dele, aquele bebê possivelmente estaria bem hoje.

Tião Viana foi questionado sobre discordâncias com os ex-governadores Jorge Viana e Binho Marques. Ele considera salutar divergências com o irmão, mas evitou pronunciar o nome de Binho Marques e comentar a respeito dele.

- O Jorge pensa a política ao olhar dele. Eu penso a política ao meu olhar. Tenho minha visão de mundo e ele tem a dele. Ele escolhe o cotidiano dele e eu escolho o meu. Nós temos caminhos diferentes e isso é muito bom. (…) Quanto a esse assunto aí, de um ex-governador [Binho Marques], nada a comentar, nada a declarar - acrescentou sorridente.

No final da entrevista, Tião Viana respondeu a uma “pergunta sem aguçar”: se é verdade que não gosta de ser tratado como Sebastião.

DEU ZICA: A guerreira produção do "Café com Altino" enfrenta problema de ordem técnica. O vídeo da entrevista foi editado, renderizado, exportado (operação que demanda horas) e na hora de fazer upload para o Youtube deu problema por causa da velocidade da conexão com a internet. O vídeo será disponibilizado em full HD. Ciro Facundo Netto e Lelande Holanda cuidam disso. Na hora que concluírem, farei a inserção da entrevista nesta postagem, dividida em dois blocos. Desculpem os leitores, mas tudo está sendo feito pela vontade que a equipe tem de contribuir para a democracia na mídia acreana.

Veja AQUI


POLÍTICA TK: PRÉ CANDIDATO A VEREADOR PELA REDE SUSTENTABILIDADE


REDE SUSTENTABILIDADE
 JÁ TEM SEU PRIMEIRO PRÉ CANDIDATO A 

VEREADOR EM TARAUACÁ

José Ricardo Lima da Silva

“Um jovem pensador que acredita em novos projetos  e numa 
nova política para Tarauacá”


Por: Copyright© 2016 @Kbym

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

TARAUACÁ: SEME DIVULGA O RESULTADO OFICIAL DO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSORES DO 6º AO 9º ANO

A Secretaria Municipal de Educação torna público a lista de classificados do PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA E CADASTRO DE RESERVA E DOCÊNCIA para professores do 6° ao 9° ano do Ensino Fundamental.


De acordo com o presidente da Comissão de Análise de Currículo, Prof. José da Cruz Lopes, ao todo foram 44 (quarenta e quatro) inscritos nas categorias de ampla concorrência abrangidas peloEDITAL Nº 01/2016.

Confira abaixo, a lista de classificados

RELAÇÃO DOS CLASSIFICADOS DO PROCESSO SELETIVO – 6º AO 9º ANO


EDITAL Nº 001/2016
DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA – 02 CADASTRO DE RESERVAS
ESCOLA: ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ AUGUSTO DE ARAÚJO

NOME
TOTAL DE PONTOS
01
JOSÉ CRUZ LIMA
48
02
DANIELE SANTIAGO DA SILVA
46
03
LUDIENE MARQUES DE ANDRADE
44
04
SIRLÂNIA DE ARAÚJO SILVA
31
05
MARIA MARLENE DA CRUZ SABOIA
28,8

DISCIPLINA: HISTÓRIA – 02 CADASTRO DE RESERVAS
ESCOLA: EDUARDO DOS SANTOS MORAIS

NOME
TOTAL DE PONTOS
01
HEFRAFIM ROCHA DE SOUZA
36
02
TAYNÃ OLIVEIRA DE OLIVEIRA
24,8
03
JOSÉ AUGUSTO PIRES DA COSTA
20
04
MARIA ENIEIDE MONTEIRO ALVES
20

DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA – 02 CADASTRO DE RESERVAS
ESCOLA: 15 DE JUNHO II

NOME
TOTAL DE PONTOS
01
FRANCISCO HÉLITON ALVES DAMASCENO
72,5
02
VALDERLÂNDIA DE OLIVEIRA SILVA
50,8
03
RAILDON DA SILVA ARAÚJO
50,4
04
MARLENE FARIAS DA CRUZ
40,5
05
LUCIANE DAS CHAGAS DO NASCIMENTO
35,5
06
MARIA DA LIBERDADE OLIVEIRA NASCIMENTO
27

DISCIPLINA: CIÊNCIAS – 02 CADASTRO DE RESERVAS
ESCOLA: 15 DE JUNHO II


NOME
TOTAL DE PONTOS
01
LUZIRLÂNDIA MARIA MARINHO FONTENELE
70
02
LUCEIDA PERES DE AMORIM
66,4

DISCIPLINA: ARTES VISUAIS – 02 CADASTRO DE RESERVAS
ESCOLA: JOSÉ AUGUSTO DE ARAÚJO

NOME
TOTAL DE PONTOS
01
ECIRLÂNDIA DIAS DA COSTA
46
02
BENEDITA MARCIA MOURÃO DA SILVA
44,2
03
JULIANA OLIVEIRA DE SOUZA
39,2
04
TAISSILENE DE CARVALHO ANDRADE
39,2
05
MARIA IVANETE DE OLIVEIRA SANTOS
27,5
06
ANTÔNIO RAMIRO DE LIMA TORRES
21,2

DISCIPLINA: GEOGRAFIA – 02 CADASTRO DE RESERVAS
ESCOLA: EDUARDO DOS SANTOS MORAIS

NOME
TOTAL DE PONTOS
01
FRANCISCA DAS CHAGAS FORTUNATO DA SILVA
50
02
FRANCEIA MARQUES FERRIERA
50
03
MARIA LUCIENE FARIAS DE OLIVEIRA
50
04
MARIA VANDERLÂNDIA DE OLIVEIRA MORAES
49,2
05
EDNALDO DOS SANTOS CRUZ
35,8

TARAUACÁ-AC, 22 DE FEVEREIRO DE 2016 


JOSÉ DA CRUZ LOPES DE SOUZA
PRESIDENTE DA COMISSÃO


CARLOS GOMES DE SOUZA
SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO


ASSECOM-SEME

TARAUACÁ: RÁDIO COMUNITÁRIA NOVA ERA FM JÁ TEM SEU PRÓPRIO APLICATIVO E PODE SER OUVIDA PELA INTERNET

Aplicativo já pode ser baixado na internet
O jovem tarauacaense Hiroshe Odan foi o responsável pela criação do Aplicativo da Rádio Comunitária. Hiroshe trabalha no APP há algum tempo e agora já o disponibilizou no Google Play, para a chamada em fase de testes e já pode ser baixado gratuitamente nos Smartfones com sistema andróid.

Hiroshe Odan
TUDO EM CASA - O aplicativo foi  criado, por um tarauacaense para uma Rádio comunitária de seu município. Uma pequena revolução na comunicação popular e democrática promovida pela emissora. Hiroshi Odan é um jovem especialista em informática do município de Tarauacá.

DE TARAUACÁ PARA O MUNDO - A direção da emissora em breve irá fazer o lançamento oficial do aplicativo para que todos possam participar de mais essa conquista da comunicação comunitária em Tarauacá. 

Conheça o aplicativo e baixe o mesmo AQUI

TARAUACÁ: POLÍCIA ESTOURA MAIS BOCA DE FUMO NO MUNICÍPIO



A Policia Militar com apoio da Polícia Civil de Tarauacá, prendeu em flagrante, na rua 31 de março (beira do rio), Antonio Valdinei Farias Gomes, Manoel Ronaldo Sena da Silva, Wilian França Farrapo, Orlean Oliveira Pessoa e Antônio Francisco Braga de Andrade, acusados com grande quantidade de maconha e dinheiro. Na operação foi apreendido o menor R.O.R. O Delegado José Obetânio deverá autuar pelo crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico. A denuncia chegou até a polícia através do telefone 190.


As polícias de Tarauacá vão intensificar cada vez mais as operações para combater o tráfico de drogas na cidade. Inúmeras investigações estão em andamentos. A polícia espera a conclusão dos trabalhos para prender mais traficantes, bem como apreender patrimônios valiosos que estão sendo adquiridos com o dinheiro do tráfico.